A Sereia Indignada de Flávio Calazans

Registrando as etapas e colorização da "Sereia Indignada com o Molusco", uma obra minha extremamente solicitada para capa e ilustração.
Flávio Calazans
fotografando cada fase da colorização
Seria a Sereia metade Bacalhau e metade Jasmins em seu perfume?

Nesta segunda experiência estética (estética não restringe-se a salão de beleza nem a Filosofia da arte, a palavra tem origem no idioma grego -aisthésis: percepção, sensação, sensibilidade) ) de colorização alternei os mesmos tons invertendo claros e escuros (mais saturados) pois um azul marinho pode ser mais "quente" que um azul celeste, o resultado foi um cabelo mais denso e com sensação de maior peso.

Assim procedendo incrementei o contraste colorindo a pele em tons mais suaves o que aumentou o efeito do cabelo,
mais ou menos o conceito de perspectiva cromática do "Tratado da Pintura" de Leonardo da Vince ("L' arte como cosa MENTALE"), no que ele atribui azul ao ar e vai azulando cenários mais distantes, inverti o conceito de degradée no cabelo molhado flutuando na água em um eco hipoicônico (Semiótica de Peirce) com o movimento sinuoso da cauda de peixe escamosa.

E por fim, um estudo comparativo de duas colorizações -Morena e Ruiva, com tons de vermelho e laranja, repare o corpo re-colorido com luz incidental mais à esquerda e acima !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog