Postagens

Mostrando postagens de 2017

Guerra das Ideias na GIBITECA

Imagem
Hoje estivemos na Gibiteca de Santos homenageando meu amigo Marcel Rodrigues Paes, que dá nome à Gibiteca graças a uma campanha que eu realizei quando de seu óbito.

Também tive a alegria de fazer a abertura de minha exposição "GUERRAS CALAZANISTAS 1- Guerra das Ideias" da editora ATOMIC de Marcos Freitas com tons de cinza por Lafaiete Nascimento.

E encontrar amigos antigos como Antonio Carlos Peres e Orlando Fittipaldi

Repare que a minha camiseta tem o logotipo de OA da "Tropa dos dos Lanternas Verdes", que parece muito com o simbolo dos Canais de Santos, e estou com o anel de outro grupo também na DC a "LEGIÃO DOS SUPER-HERÓIS".

Na Foto FABIO TATSUBO, Marcos Venceslau, Antonio Carlos Peres e eu

E também autografei o álbum em um bate papo com Marcos Venceslau e Gazy, o Andrauss.

Em um momento de atenção ao interessante, envolvente e dinâmico depoimento do Gazy.

Entusiástico e animado cativando a todos. E com o pequeno e intimo auditório muito disp…

GUERRA DAS IDEIAS exposição na Gibiteca de Santos domingo 17 de dezembro de 2017

Imagem
GUERRA DAS IDEIAS é a primeira das Guerras Calazanistas, o álbum de quadrinhos independente mais reeditado do Brasil, esta 6ª edição prova que resiste ao tempo e continua atual sendo reeditada cada vez que esgota desde 1986.

São 27 episódios de duas páginas onde as ideias de liberdade e de opressão lutam pelos corações e mentes de cada uma das personagens, algumas reais outras fictícias.

Uma revisão da jornada da humanidade até os tempos atuais.

“Guerra das Ideias” foi publicada em episódios em revistas alternativas-independentes-fanzines.

Depois, o conjunto dos episódios foi publicado no “QUADRIX” em São Paulo;

a segunda vez em formato de bolso capa cinza pela “Cooperativa Barata ” em Santos;

então, em mais três edições pela editora “Marca de Fantasia” de Henrique Magalhães na Paraíba

e agora com capa a cores pela editora “ATOMIC” de Marcos Freitas em Santa Catarina.

Também foi re-escrita como peça de teatro registrada na SBAT sob numero 24.942, em 1 de dezembro de 1987.

"Quem ama a vida é amado por ela." Arthur Rubinstein

"Quem ama a vida é amado por ela." Arthur Rubinstein - 1887 — 1982; pianista polonês e judeu (naturalizado estadunidense) muito conhecido como um dos melhores pianistas virtuosos do século XX; foi aclamado internacionalmente por suas performances de Chopin e Brahms

Meditando FLAVIO CALAZANS

Imagem
Mahavira o buda jaina inspira-nos . "KAIVALI" que é o estado da iluminação plena onde a vida é Maya. Kaivali desperto observa a vida, toca a vida igual antes de despertar e até finge ter ego usando os fragmentos que flutuam pela mente, ninguém o percebe como BUDA... é "HINAYANA" ou canoinha, vai sozinho pela correnteza, nem rema, segue o fluxo do rio da vida... um "ARHATAS" que desapareceu no vazio entre duas respirações (espaco de Mu, o vazio) ou no vazio de um milésimo de segundo durante o ápice de um orgasmo, o vazio pleno do momento que temos uma idéia criativa, o extase... O desapego total até de si mesmo, do corpo (ONDE-espaço) , do pensamento (QUANDO- o tempo), da emoção... "ARIHANTA" é aquele que matou seu inimigo, o EGO, a MENTE... MOKSHA a absoluta liberdade, o nirvana sem desejos, vive o GERÚNDIO eterno, o "Presente Permanente" dos alquimistas, o aqui-agora.