Flavio CalaZans e os segredos semióticos do disco TODOSOSOLHOS de Tom ZÉ- o ânus seria mesmo da MUITO CONHECIDA PROFESSORA DE SEMIÓTICA?

CApa do disco TODOSOSOLHOS é histórica.
Tom Zé tinha uma música intitulada "Todos os Olhos", era amigo do poeta concreto e Professor Doutor da FAU USP Décio Pignatari...que era sócio de uma agência de publicidade (apesar de ser comunista e contra o capitalismo e a publicidade)
A poesia concreta emprega como base teórica Semiótica de Peirce, como ilustram os poemas visuais de Pignatari
Tom Zé apenas décadas depois foi a público comentar o "MISTÉRIO DA TARRAQUETA APERTADINHA"
aceitando revelar a verdade anal!
Mas não conta para ninguém este segredo
Combinado?
Assim foi confirmado serem as "PREGAS" do esfincter que apertavam a bolinha de gude, um INDICE (segundidade peirceana, signo com relação física com o objeto, como uma pegada relaciona-se com o pé, as deduções de Sherlock Holmes em sua maioria são indiciais , segundidade, leituras semióticas pois) de que provavelmente não seria uma "profissional do sexo" como justificado para despistar da verdadeira moçinha cuja "rosquinha" ficou tão famosa
Tom Zé orgulha-se da peça que de 1973 a 1990 foi um MISTÉRIO, engaram todos os censores da ditadura, e somente foi esclarecido o mistério quando Tom Zé e Chico Andrade revelaram o segredo da capa de disco mais polêmica na industria Fonográfica e Design do Brasil.
Chico Andrade, fotógrafo da famosa capa do album de Tom Zé, "Todos Os Olhos", revelou que a fotografia da capa foi mesmo do ânus. "… essa capa é um dos meus orgulhos criativos… minha maior e mais duradoura criação… criada em 1973 é até hoje polêmica… considerada a 2a. melhor capa do século XX pela Folha de SP, e em 2011 fez parte da exposição das melhores 50 capas de discos de todos os tempos… tem gente que jura que era uma bôca… mas, foi um cu mesmo… eu ainda tenho algumas fotos originais (em slides)… meu nome está lá para quem duvidar… na época eu era sócio do prof. Décio Pignatari…"
"… sempre relutei em mostrar as fotos originais que tenho até hoje guardadas… mas, como o post que publiquei sobre o assunto, bombou, resolvi publicar uma das fotos (lay-out)… a moçoila que posou fazia ponto na rua e cobrou um “cachê artístico”, inclusive, assinando recibo e tudo mais… sabendo inclusive o destino da foto…" abaixo portanto uma das fotos da sessão:
"… as fotos do lay-out foram tiradas na própria agência… e depois ampliadas e estouradas (até ficar imperceptível)… testamos na boca também… mas, a idéia era usar um cu (afinal a expressão “olho do cu” existe…) mesmo para tirar um sarro da censura vigente…"
Eu mesmo, Flavio Calazans,
estudei Semiótica com Décio Pignatari no meu doutoramento, as aulas eram na Rua Maranhão 88, uma mansão art noveau onde ficava a Pós da FAU USP (Arquietura)Esta capa de disco (ou embalagem do produto) desafiava a censura da Ditadura Militar ao expor um ânus EXPLICITAMENTE,
Decio uniu as letras do titulo causando uma DISSONANCIA COGNITIVA (Leon Festinger) que distraia os censores da imagem, "t0mzét0d0s0os0lh0s" sem a pausa é um sintagma que torna-se iconico (Hipoícone) e assim obriga a uma releitura tornando as letras uma FIGURA em Gestalt e por conseguinte a pele das nádegas com a BOLA DE GUDE enfiada no ânus torna-se em Gestalt um FUNDO, ou seja, despercebido, SUBLIMINAR (tecnolgia Biomidiológica da SEMIÓTICA SUBLIMINAR DOS ICONESOS tal como a descrevo em meu livro "Propaganda Subliminar Multimidia" em Sétima edição, SUMMUS editorial),
O fotógrafo publicitário Chico Andrade insiste ter contratado uma prostituta para posar, todavia, correm MUITOS boatos de que o ânus mais famoso no Brasil do Século XX pertenceria a uma aluna do Décio Pignatari que posteriormente teria tornado-se uma MUITO CONHECIDA PROFESSORA DE SEMIÓTICA..
Eu acabei tendo varios livros do Decio Pignatari autografados com dedicatória para mim, e diversos alunos do doutoramento e até os funcionários da faculdade diziam que o "Fiofó" da capa do disco era mesmo da aluna de pós que virou hoje uma famosa professora, o zelador do prédio, velhinho antigo alí, sorria matreiro e sussurrava no ouvido de quem perguntasse o nome da propietária do esfincter apertadinho que segura a bolinha de gude com tanta pressão !
Aqui os meus livros com dedicatórias do Falecido Pignatari

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cores BERRANTES e saturadas da editora Bloch - comenta Flávio Calazans

DOUTOR ESTRANHO na coleção de historias em quadrinhos de Flávio Calazans