Flavio Calazans aprendendo como ser petista com um amigo militante do PT

A ideologia suprema da camarilha explica que os valores da burguesia são criados pela zelite opressora, assim, o trabalhador do lumpemproletariado não deve se iludir por bandeiras nacionais ("proletarios de todo mundo, uni-vos" diz o manifesto- nosso livro sagrado ensina e nosso hino 'internacionalComunista" o ilustra bem), abrindo mão de mentiras imperialistas como "verdade" (porisso é dever do militante mentiir) ou "dignidade" e "honra" ou "vergonha na cara", "moral", "ética", "leis", tudo obra das zelite opressoras , temos o dever de delinquir, dilapidar o erário público, nos locupletar ilicitamente sempre e sem parar e o máximo possivel, sem nunca pensar em futuro ou consequencias pois o tempo também é uma medita exploratoria de horas-trabalho, abandonemos relógios e calendários! E igualmente as artes e literatura são opressoras e pequeno-burguesas devendo ser extirpadas e destruídas, só existe o hoje e agora! Ainda o mesmo é com a História que deve ser apagada e esquecida poupando as novas gerações de tantos nomes e datas, somente assim faremos a revolução. O idioma e a escrita também foram ensinadas artificialmente e estão eivadas da peçonha das classes dominantes, superemos tudo (1984 Novilingua e Duplipensar). Somente assim o militante chegará a pureza total e completa de ser um PETISTA ! A exemplo de LULA nosso grande exemplo !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cores BERRANTES e saturadas da editora Bloch - comenta Flávio Calazans

DOUTOR ESTRANHO na coleção de historias em quadrinhos de Flávio Calazans