X MEN da GEP feitos no BRAZIL - na Coleção Flávio Calazans

"X-MEN", Eu buscava sofregamente estas revistas nas bancas de jornal, eram distribuidas de forma irregular e pulavam números por vários meses, da mesma editora GEP que publicava as revistas do "CAPITÃO MARVEL" e o CULT "O SURFISTA PRATEADO" em preto e branco no estilo e formato da EBAL.

Estas revistas eram um raridade, e a X-MEN tinha outra curiosidade- completava as páginas como aventuras dos X-MEN escritas e desenhadas aqui no BRASIL, em aventuras PITORESCAS como os X-MEN irem surfar no litoral de São Paulo na cidade de PRAIA GRANDE!!!

Assinadas por Gedeone Malagola, que criou as dez aventuras dos X-Men no Brasil, com desenhos de Walter Silva Gomes!



Gedeone Malagola é criador do super-herói brasileiro "Raio Negro" e autor de incontáveis HQs de faroeste, guerra, terror, romance, super-heróis, etc.

Qual não foi minha surpresa ao, em 2014, ver um anúncio que estava saindo um álbum coletânia cok TODAS estas HQs do X-MEN BRASILEIROS! Corajosamente publicadas pelas "Edições Waz" e a editora "GRRR!", o álbum era editado por Worney Almeida de Souza e Marcio Baraldi.

E ainda pode ser comprado pelo e-mail produtoraculturalwaz@yahoo.com.br.



Como está escrito no site UNIVERSO HQ "http://www.universohq.com/noticias/hqs-antigas-x-men-produzidas-no-brasil-ganham-edicao-especial/" :

"De acordo com o pesquisador e editor Roberto Guedes, as HQs norte-americanas originais possuíam cerca de 20 páginas e a GEP não contava com muitos anunciantes para preencher as páginas restantes em seus gibis. Assim, optaram por encomendar a artistas brasileiros a produção de novas histórias dos X-Men, que variavam de oito a dez páginas – e é pouco provável que a Marvel soubesse disso. Anos depois, Gedeone afirmou que a “Casa das Ideias” teria autorizado essas HQs."





Conforme o GUIA DOS QUADRINHOS ;

-"Em meados dos anos 60, pouco depois de ter deixado a editora Outubro, Miguel Penteado se juntou a Luiz Vicente Neto e fundou a GEP (Gráfica Editora Penteado).

Nos primeiros meses, a empresa só prestou serviços gráficos a terceiros.

Depois de um intervalo em que a gráfica foi vendida para a editora Giroflê, a GEP comprou novas máquinas e começou a editorar revistas

Publicou títulos como "Raio Negro", "Lobisomem", "A Múmia", "Salão de Barbeiro", entre outras.

Também ficou popular por publicar os títulos do Grupo Marvel : "Surfista Prateado", "X-Men" e "Capitão Marvel" e "Vigia".

Com sede no bairro da Liberdade, em São Paulo, a GEP tinha entre os artistas da casa Gedeone Malagola (de "Raio Negro", mas que também desenhava histórias brasileiras complementares de "X-Men") e Edmundo Rodrigues.

A GEP fechou sua editoria de quadrinhos em 1972, em parte devido à militância de Penteado no Partido Comunista e por causa da censura (que implicava com as capas de mulheres semi-nuas da casa que o editor insistia em levar às bancas).



FONTE- Gonçalo Junior, "A Guerra dos Gibis"

Fotos muito antigas abaixo
E mais
E muito mais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sete Pecados, Sete demonios, Sete virtudes, Sete anjos

HQ de Mauricio de Souza, sete pecados e HORÁCIO