Flavio Calazans - texto de Josiel Vieira de Araujo

Flavio Calazans é um artista multimídia, expoente[1] do quadrinho autoral nacional escritor e pesquisador multimeios, tendo escrito o livro "Propaganda Subliminar Multimídia[2]" e se destacado na análise do ataque epilético em massa ocorrido por ocasião do episódio Dennō Senshi Porygon do anime Pokemon que foi ao ar no Japão no dia 16 de dezembro de 1997.

Biografia



Flávio Mário de Alcântara Calazans nasceu em Santos em 1962, é Doutor pela ECA USP, e Livre-Docente pela UNESP, Bacharel em Direito e Bacharel em Comunicação Social pela UNISANTOS.

1979 Fundou e organizou a "Cooperativa Barata" em Santos publicando a revista "BARATA[3]" por vinte anos.

Publicou HQs de sua autoria em revistas como " HEAVY METAL" e na Editora Abril (Aventura e Ficção número 19), ‘PORRADA SPECIAL”, “MATURI” e outras. Autor de Graphic Novels como "GUERRA DAS IDEIAS[4]", “GUERRA DOS GOLFINHOS[5]", "A HORA DA HORTA[6]" , “ABSURDO” (em colaboração com Paula Prata Vandenbrande), e a HQ colorida “NOSSOS TEMPOS” na coletânea "Pátria Armada” em 2016, entre outros.

Em 1987 foi Eleito Diretor Executivo da AQC, onde escreveu e publicou a "CARTILHA DE DIREITO AUTORAL DA AQC[7]", PRIMEIRO livro sobre Direito autoral específico dos Quadrinhos do BRASIL publicado e distribuído pela Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas de São Paulo (AQC-SP), 1986 onde prestou CONSULTORIA de DIREITO AUTORAL.

Organizador do livro com pesquisas do GTHQ – “Histórias em Quadrinhos no Brasil: Teoria e Prática”. São Paulo, INTERCOM/Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, GT Humor e Quadrinhos, 1997. (Coleção GTs INTERCOM, v. 7) (Organizador) ISBN 85-900400-1-1;

Calazans também escreveu o livro "Histórias em Quadrinhos na Escola[8]",primeiro livro do Brasil sobre o uso de quadrinhos para ensino em escolas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog