Barbarella na coleção Calazans

BARBARELLA . O segundo álbum de Jean Claude Forest "Barbarella e a cólera dos come minutos" é publicada pela primeira vez no Brasil, com atraso de mais de 50 anos, Em branco e preto pela editora Jupati.
Barbarella foi criada inspirada na atriz Brigite Bardot e foi encarnada no cinema em filme de Roger Vadim por Jane (Hanói) Fonda. Jane ganhou o apelido Hanói ao posar para fotos com terroristas vietcongues e segurar os rifles bom os quais eles assassinaram os meninos morte americanos. Na foto tomo um cappuccino na caneca ilustrada com cena do filme.
Este álbum não mantém a qualidade da narrativa e impacto da primeira série de aventuras onde vimos os antológicos tubarões voadores da cidade de Sogo (copiados vinte anos depois por Luiz GE na Hq dele tubarões voadores.). Mesmo assim vale a pena ter como demonstração de que nem sempre consegue se manter a qualidade e as vezes é preciso saber a hora de parar, como fez o Crumb no episódio da morte de Fritz the cat.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sete Pecados, Sete demonios, Sete virtudes, Sete anjos

HQ de Mauricio de Souza, sete pecados e HORÁCIO