CIDADE ARCO IRIS de Flavio Calazans no Grupo Croma

CIDADE ARCO -IRIS é um projeto que eu e meus amigos do GRUPO CROMA propusemos. Repare abaixoque ologotipo do projeto em 1991 já trazia a forma das muretas dos canais que em 2016 são a marca de identidade visual da cidade de Santos.

Segundo princípio de programação visual, estudou-se a possibilidade de aplicação prática de uma intervenção no Ecossistema Visual Urbano da cidade de Santos (SP), criando um código subliminar de localização instantânea que fosse icônico sem ser necessariamente figurativo.

Santos é uma cidade portuária cujo potencial turístico sempre foi relegado a segundo plano, e o traçado urbano da cidade surgiu de um projeto do sanitarista Saturnino de Brito em 1910, onde, na orla da praia, existem canais fluviais.

Ora, propôs-se a pintura de cada canal com uma das sete cores do arco-íris segundo a teoria da cor de Newton, criando assim a CIDADE ARCO-ÍRIS;

Uma intervenção artística e de "marketing turístico" na obra do sanitarista Saturnino de Brito feita em 1910, onde, na orla da praia, hoje existem SETE canais fluviais, eu tive a idéia da pintura de cada canal com uma das sete cores do arco-íris segundo a teoria da cor de Newton , criando assim a CIDADE ARCO-ÍRIS.

A pintura dos sete canais nas sete cores do arco-íris (canal 1-vermelho, canal 2-laranja, canal 3-amarelo, canal 4-verde, canal 5-azul ciano, canal 6-azul anil, canal 7-violeta) Projeto de pintura dos sete canais de Santos com as sete cores do Arco Iris ,

somou-se à pintura das placas de itinerário dos ônibus urbanos
e a criação de festivais de arte: Varais poéticos em papel da cor da cada canal, Festival de Musica nova, FESTA (teatro Amador), Curta Santos e até uma MICARETA (carnaval) e outros eventos (esportes de praia com equipes vestidas com as cores de cada canal, escultura em areia colorida, concurso de beleza com biquínis das cores, balões de gás coloridos, festival de música, teatro, literatura, artes plásticas, etc...

Estes eventos seriam colocados no mês de menos faturamento do varejo, dos restaurantes e da rede hoteleira, patrocinado por uma fábrica de tintas que forneceria o esmalte marinho gratuitamente (tinhamos DUAS marcas de tinta interessadas).

Turistas INTERNACIONAIS oriundos de outras culturas, usuários de outros alfabetos (russos, japoneses, chineses, árabes, etc.) teriam facilidade em aprender a trama urbana cromática, cuja identidade visual instantânea estaria nos ônibus e nos canais, apropriando-se, assim, do sentido de direção e tornando-se familiarizados ao espaço.

Também seriam beneficiados os trabalhadores imigrantes, analfabetos e crianças em idade escolar, cuja locomoção seria facilitada pelas cores, num código cromático não-figurativo de compreensão rápida e uso inconsciente, referencial subliminar de localização no sistema urbano santista.

A campanha turística internacional ''Visite Santos - A Cidade Arco-Íris'' exploraria o emprego do código cromático não-figurativo, não- verbal, visual em Semiótica Hipoícone Imagem cuja cognição-hermenêutica seria em velocidade SUBLIMINAR !

Este código cromático facilitaria a localização (gerando mapas mentais, settings) dos turistas na malha urbana, que perceberiam subliminarmente, inconscientemente, estes sinais fracos e delicados das cores nas muretas dos canais da praia e dos ônibus, tornando a cidade ''legível'', alegre e topofílica.

O termo topofilia é explicado por Yi-Fu Tuan na obra ''Topofilia: um estudo da percepção, atitudes e valores do meio ambiente'' (Ed. Difel, SP, 1980): ''A palavra topofilia é um neologismo, útil quando pode ser definida em sentido amplo, incluindo todos os laços afetivos dos seres humanos com o meio ambiente material'' (pág. 107).

-GEOPSIQUE explica como o ambiente geológico predispõe e condiciona a percepção , a cognição e o comportamento, por exemplo, nascer e morar frente ao mar cria tipos de personalidade diferentes de quem nasce num vale entre montanhas, nascer e crescer em cidade grande e apartamento-dormitório gera SHOPPING CENTERS, etc; ---Por outro lado, TOPOFILIA aborda a FILIA ou amor a lugares, como o prazer de estar numa praia, numa praça arborizada, o afeto por um bairro, a memória afetiva etc..

A campanha turística internacional ''Visite Santos - A Cidade Arco-Íris'' exploraria o emprego do código cromático não-figurativo, não-digital, de visibilidade instantânea nas placas de percurso dos ônibus à distância e a presença das cores nos canais. Os sete canais dispensariam, aos poucos, o código digital dos números e nomes das avenidas onde se localizam.

O PROJETO CIDADE ARCO-ÍRIS foi engavetado pela administração da prefeita PETISTA (do PT) Telma de Souza, embora duas firmas de tintas tivessem manifestado interesse em patrociná-lo GRATUITAMENTe sem custos para o Erário Público, em troca delas mesmas fazerem campanha publicitária divulgando a cidade.

"Os Limites da Minha Linguagem São os Limites do Meu Mundo" esclarece a famosa frase do filósofo austríaco Ludwig Wittgenstein (1889-1951) -suas teses desenvolvidas no Tratado foram empregadas pelos filósofos do Circulo de Viena e contribuiram para o desenvolvimento de todo positivismo lógico!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOUTOR ESTRANHO na coleção de historias em quadrinhos de Flávio Calazans

"Pátria Armada: Visões de Guerra" tem lançamento com quadrinho de Flavio Calazans