Schopenhauer explicou-me como fiz inimigos.

"Se alguém nota e sente uma grande superioridade intelectual naquele com quem fala, então conclui tacitamente e sem consciência clara que este, em igual medida, notará e sentirá a sua inferioridade e a sua limitação. Essa conclusão desperta o ódio, o rancor e a raiva mais amarga. Arthur Schopenhauer 1788 — 1860 filósofo alemão extraído de "Aforismos sobre a Sabedoria da Vida"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog