Bioética

O termo "deontologia", foi criado pelo Filósofo inglês Jeremy Bentham, em 1834. Deriva do grego deon [o que é obrigatório] e de logos [teoria, ciência].

Toda Bioetica ocidental deriva de axiomas contidos em dois textos : 1-Juramento de Hipocrates, 2- Declaração de Direitos Humanos e de textos de Galeno.

Didáticamente, a Biomidiologia, pode ser comparada, apenas em termos alegóricos de analogia cognitiva, a quando uniram a Engenharia Eletrônica e a Engenharia Mecânica criando a "MECATRÔNICA", que é a base da Robótica, Biônica e Automação Industrial; ou como quando uniram a Química e a Biologia criando a "BIOQUÍMICA", e a Biologia e a Física criando a "BIOFÍSICA"; a Biomidiologia contribuirá para a compreensão dos fenômenos da Comunicação de Massas em sua esfera de eficácia biológica.

Desde o Século XVIII os Professores Doutores do Leste Europeu praticam a divisão do conhecimento em duas grandes áreas:

-Ciências da Natureza (Naturwissenschaften) cujos métodos são EXPLICATIVOS (Erklärung), como a Física, Biologia e BIOFÍSICA (vida influenciada pelas forças da natureza, do ambiente, ecossistema, vida reagindo a estímulos de ondas de luz-óptica, ou ondas sonoras-acústica, ou radiação).

-Ciências do Espírito (Gemeinenwissenschaften) cujos métodos são da COMPREENSÃO (Verständnis); a interpretação (Hermenêutica) dos signos (Semiótica) culturais, psico-antropológicos, a linguagem da Arte e Mídia-Comunicação (Midiologia).

A BIOMIDIOLOGIA surge como uma das inovadoras disciplinas cuja proposta é o cruzamento heurístico entre ambos os paradigmas: Naturwissenschaften (BIO) e Gemeinenwissenschaften (MIDIOLOGIA), entre as metodologias de critérios EXPLICATIVOS (Erklärung) dedutivos ou indutivos, e metodologias de critérios da COMPREENSÃO (Verständnis) hermenêuticos e semiótico-adbutivos, assim colaborando com mais um pequeno passo na direção da construção coletiva de uma "Transdisciplinariedade", vislumbrado por estarmos "sobre os ombros de gigantes" que nos antecederam citados no decorrer deste texto e na bibliografia ao final.
Ciência Revolucionária, um novo pradigma transdisciplinar no sentido da EPISTEMOLOGIA de KUHN, e seguindo o rigor dos parâmetros metodológicos de FEYERABEND, sob procedimentos que PEIRCE denomina ABDUÇÃO.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog