esqueçe disto!

Conta uma história que certa mulher viveu a vida toda dedicada às pessoas necessitadas e às causas sociais. Vivendo entre os afligidos e os liderados de sua equipe, ela aprendeu a administrar conflitos pessoais e embora fosse muito amorosa, era conhecida como uma mulher decidida. Um dia, aquela velha senhora foi abordada por uma amiga, que fez menção de uma grave ofensa sofrida por ela há muitos anos atrás. A amiga indagou-lhe: “Você se recorda disso?” Ela respondeu: “Não. Me lembro claramente de ter esquecido isso há muito tempo”. Paulo disse a mesma coisa: “Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial de Deus em Cristo Jesus” (Fp 3.13,14).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DOUTOR ESTRANHO na coleção de historias em quadrinhos de Flávio Calazans