Postagens

“...se Satanás pudesse amar, deixaria de ser mau” Santa Teresa de Ávila

Imagem
“...se Satanás pudesse amar, deixaria de ser mau” Santa Teresa de Ávila Vade retro, Satanaz Diabo vermelho, capiroto, espírito imundo, encardido, espinhudo, pai das mentiras

"O truque mais esperto do Diabo é convencer-nos de que ele não existe" Charles Baudelaire

Imagem
"O truque mais esperto do Diabo é convencer-nos de que ele não existe" Charles Baudelaire

"A liberdade não se perde de uma vez, mas em fatias, como se corta um salame" Friedrich Von Hayek.

"A liberdade não se perde de uma vez, mas em fatias, como se corta um salame" Friedrich Von Hayek.

"“Senhor, conceda-me a serenidade para aceitar aquilo que não posso mudar, a coragem para mudar o que me for possível e a sabedoria para saber discernir entre as duas

Imagem
“Senhor, conceda-me a serenidade

para aceitar aquilo que não posso mudar,

a coragem para mudar o que me for possível

e a sabedoria para saber discernir entre as duas.

Vivendo um dia de cada vez,

apreciando um momento de cada vez,

recebendo as dificuldades como um caminho para paz,

aceitando este mundo cheio de pecados como ele é,

assim como fez Jesus, e não como gostaria que ele fosse;

Confiando que o Senhor fará tudo dar certo

se eu me entregar à Sua vontade;

Pois assim poderei ser razoavelmente feliz

nesta vida e supremamente feliz na outra.”

Amém!

Reinhold Niebuhr

O TEMPO DE DEUS - "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu". - Eclesiastes 3:1

Imagem
Os gregos antigos tinham duas palavras para o tempo: chronos e kairós. Enquanto o primeiro, Cronos, refere-se ao tempo cronológico ou sequencial (o tempo que se mede, de natureza quantitativa),

Kairós possui natureza qualitativa, o momento indeterminado no tempo em que algo especial acontece: a experiência do momento oportuno.

"Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu". - Eclesiastes 3:1

"Na desolação não tome decisão"

Imagem
Recordemos de Santo Inacio de Loyola- Na desolação não tome decisão -

" A Desolação Espiritual: (é o oposto da Consolação).

· é a experiência interna da distância de Deus, é a perturbação do coração, impulso para a falta de confiança, à falta de esperança, ao desamor.

· é toda tristeza interna que nos afasta das coisas de Deus.

· é todo desânimo de continuar lutando pelo bem.

· é toda inquietação devida à sensação de ausência ou silêncio de Deus.

· Nunca tomar decisões quando estiver desolado; manter-se firme nos propósitos do bem"